Notícias

Luís Dill participa da Feira Internacional do Livro de Guadalajara

01/12/2020 / Luís Dill

A Feira Internacional do Livro de Guadalajara, um dos principais eventos do mundo do livro na América Latina, segue com a sua programação virtual até o próximo domingo (06). Na cerimônia de abertura da Feira, no último sábado (28), a escritora portuguesa Lídia Jorge recebeu o Prêmio FIL de Literatura en Lenguas Romances 2020. Mas esta não será a única vez que o idioma será representado e ouvido no evento. O Brazilian Publishers, projeto setorial de fomento à exportação de conteúdos editoriais brasileiros capitaneado pela Câmara Brasileira do Livro e pela Apex-Brasil, prepara uma programação de atividades na feira. Logo mais, às 16h, Gil Sales, supervisor de Literatura da Editora do Brasil e Jovem Talento de 2018, mediará a mesa “Representatividade e diversidade nas ilustrações de livros infantis”, que terá a participação dos criadores Maurício Negro e Letícia Moreno.
 
Na quarta-feira (02), às 16h, acontecer a mesa “Literatura Brasileira Juvenil Contemporânea”, que reunirá os cinco finalistas ao Prêmio Jabuti na categoria Juvenil: Graziela Bozano, autora de A rede florida; Nelson Alves da Cruz, autor de Benjamina; João Anzanello Carrascoza, autor de Caleidoscópio de vidas; Leonardo Chalub, autor de Palmares de Zumbi – vencedor do Prêmio – e Luís Dill, autor de 100 mil seguidores. A mediação ficará por conta de Bel Coelho, gerente editorial de projetos especiais da FTD Educação.
 
Encerrando a programação do BP na Feira de Guadalajara, na sexta-feira, também às 16h, acontece a mesa “A importância no mundo atual da produção científica e acadêmica” que reunirá a historiadora Mary del Priore e o infectologista Carlos Magno Castelo B. Fortaleza com mediação de Jezio Gutierre, diretor-presidente da Fundação Editora Unesp.
 
Negócios na FIL
 
Como resposta à pandemia, a Feira de Guadalajara criou uma plataforma – a Fil Negócios – pela qual cinco mil profissionais de 53 países realizarão 2,4 mil reuniões já agendadas. Além disso, a Feira manterá uma programação – Diálogos de la Indústria – voltada para os profissionais do livro para debater temas da atualidade, como o futuro dos eventos literários; o comércio eletrônico e os efeitos da pandemia no negócio do livro. Durante a programação do Diálogos de la indústria, também será lançada a Rede Latino-americana de Livrarias Independentes.